Please reload

Posts Recentes

PATOLOGIA DE DESLOCAMENTO, SAIBA PORQUÊ OS PISOS DE CERÂMICA DESCOLAM?

January 29, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Dicas de como escolher rodapés

October 20, 2019

 

O rodapé está ali, ninguem repara nele, mas se o arrancarmos de seu ambiente... que falta que faz!
O rodapé foi criado para dar acabamento e finalização aos pisos e, de certa forma, proteger as paredes (a pintura das mesmas).
Hoje em dia, temos muitas opções de rodapé.Eis algumas dessas opções: podem ser de porcelanato, mármores ou pedras, de madeira ou até de poliestireno.


PORCELANATO
Ele vem junto quando se compra o piso de porcelanato (algumas marcas trazem a possibilidade de compra do porcelanato com o rodapé equivalente, outras não). É importante consultar essa informação antes de adquiri-lo.
Os rodapés de porcelanato geralmente possuem uma altura padrão que vai de 6 a 8 cm (não mais do que isso) e um acabamento boleado (arredondado) na sua superficie superior, facilitando a sua limpeza. A largura desse rodapé deve acompanhar obrigatoriamente a largura do piso adquirido.


IMPROVISO
Algumas pessoas para "economizar na obra" improvisam rodapés feitos do próprio material cerâmico do piso. Ou seja, mandam o pedreiro cortar o piso em tiras de, por exemplo 10 cm, e fazem dessas "tiras", o próprio acabamento de rodapé.
Esse tipo de solução é possível com qualquer tipo de cerâmica (não somente os porcelanatos). Apesar de baratear custos, além de acumular poeira na parte superior cortada reta e que fica exposta, esta pode ficar de uma cor diferente do piso pois quando cortada, mostrará a cor do "miolo" da cerâmica original, o que fica em alguns casos, bem desagradável visualmente.
Não há problema nenhum nesse tipo de solução no caso de locais para uso secundário como depósitos ou qualquer outro onde a estética não importa muito.


GRANITO OU MÁRMORE.
De excelente durabilidade assim como o produto, os rodapés de granito ou mármore devem ser adquiridos junto com o piso (do mesmo material) e permitem desenhos mais elaborados.
Cuidado! A compra de rodapés desse tipo deve ser feita do mesmo fabricante. (tem gente que quer comprar o piso de um local e o rodapé de outro).
Isso porque cada marmoraria trabalha com um lote e uma pedreira diferente, e as diferenças de tonalidades e veios podem ser gritantes, mesmo que seja o mesmo tipo de pedra.
O padrão é 7cm mas você pode fazer de qualquer altura sob encomenda e com qualquer tipo de detalhe. Se você comprou um piso cerâmico e o mesmo não vem com rodapé, pode-se optar por um mármore de cor clara como opção.


MADEIRA e MDF
Os Rodapés de madeira são super tradicionais.
Se você compra um taco ou um piso de madeira convencional geralmente estes vêm com uma opção de rodapé. Cupurira, Imbuia, tabaco, ipe, etc.. O aconselhavel é o óbvio: o rodapé segue a cor e o tipo da madeira.
Se você adquiriu um piso de laminado (aqueles que imitam madeira e tem um custo mais baixo no mercado) eles vêm com um acabamento de rodapé embutido no preço. O rodapé que sai de graça é na realidade um acabamento de 3 ou 4 cm. Se você quiser um de altura maior, deverá especificar isso para o vendedor e ele recalculará o valor.
Se a sua intenção for comprar rodapés de madeira para pintar de branco, opte pelos de MDF eles possuem os melhores cortes e são mais fáceis de pintar.


POLIESTIRENO
Eles são os preferidos dos arquitetos e decoradores, e não é sem motivo.
Existem várias marcas no mercado. Há um tipo, por exemplo, que tem o miolo feito de isopor reciclável o que é muito bacana, pois essa técnica respeita o meio ambiente e ainda por cima diferentemente da madeira, não empena e é anti cupim (cumpim não gosta de isopor, graças a Deus!).
Por esses motivos, ele é totalmente compatível com ambientes úmidos como um lavabo com piso de porcelanato por exemplo, pois mesmo que se lave o piso com balde de agua, não empena nem mofa.
O acabamento em polirestireno já vem na cor branca e dispensa pinturas. Mas, se você preferir um acabamento perfeitíssimo, pode passar massa corrida entre as juntas e mandar pintar . Ele aceita pintura sem problemas.

TABUS
Muitos acham que o rodapé tem que ser da mesma cor do piso, porém não é bem assim, pois o rodapé branco é uma super tendência e totalmente compatível com os mais diversos pisos como os de madeira (até escura), porcelanato, cimento queimado ou (quase) todos outros materiais.

NÃO É OBRIGATÓRIO
O rodapé, como já dito anteriormente, tem como principal objetivo dar uma finalização entre a junção de piso e parede.
Mas em alguns casos ele pode ser dispensável. Se parede e piso forem do mesmo material por exemplo, não há necessidade de rodapé.
Caso contrário, para se dispensar o rodapé, a junção entre a parede e o piso deve ser muito bem executada. Pra isso, você tem que ter uma mão de obra muito caprichosa (o que nem sempre é possível ) que dê um acabamento entre o piso e a parede.
Não se esqueça que, na auxência de rodapé, a limpeza do piso com água ou outros materias químicos podem danificar ou descascar com o tempo a parede com acabamento em pintura (principalmente as com tintas tipo látex que dissolvem em água). 

-

Venha conferir pessoalmente na loja física:
AV. Cesário de Melo, 4654 • Campo Grande / RJ
Av. Sapopemba, 1408 - Alto da Mooca, São Paulo / SP
-
Contatos: (21) 3435 - 4735 | WhatsApp: (21) 96484 - 4344 .
Instagram: @eleardistribuidora
Facebook: @eleardistribuidora 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags